Em jogo de viradas e muita chuva, Resende vence o America e se mantém vivo na seletiva

Gigante do Vale bateu o Mecão por 3 a 2, no Estádio do Trabalhador

A partida era de suma importantes para as duas equipes e um empate deixaria qualquer um deles em uma situação complicada na seletiva do Carioca Série A. E a vontade, em uma partida com muita chuva, prevaleceu no lado do Resende, que venceu o America por 3 a 2, nesta quinta-feira (28), no Estádio do Trabalhador, pela segunda rodada da primeira fase do Estadual.

Jhullian, Lohan e Thiago Sales marcaram os gols do Gigante do Vale, com Anderson Künzel e Assis descontando para o time do Rio de Janeiro.

O triunfo fez o Resende respirar na competição, já que vinha de derrota na 1ª rodada. Com isso, o time do Sul Fluminense marcou seus primeiros três pontos na 1ª Fase do Carioca. Já o America segue zerado e vai se distanciando da 2ª Fase do Estadual.

Na próxima rodada, o Resende recebe o Bonsucesso, às 16 h de sábado, dia 6 de janeiro, novamente no Estádio do Trabalhador. Já o America enfrenta o Goytacaz, no Elcyr Resende, em Bacaxá, na mesma data.

Na outra partida desta quinta, o Macaé venceu o Bonsucesso por 1 a 0, fora de casa, e se isolou na primeira colocação da 1ª fase. Ainda hoje Goytacaz e Cabofriense se enfrentam, às 20h30.

FICHA TÉCNICA:

Resende 3×2 America

Campeonato Carioca, 2ª rodada da 1ª fase – 28/12/2017, às 16h

Estádio do Trabalhador (Resende – RJ)

Árbitro: Daniel de Sosua Macedo

Assistentes: Michael Correia e Daniel de Oliveira Alves Pereira

Cartões amarelos: Léo Silva e Léo Lisboa (RES); Marlon (AME)

Gols: Jhulliam, 26’/1ºT (1-0); Anderson Künzel, 30’/1ºT (1-1); Assis, 39’/1ºT (1-2); Lohan, 10’/2ºT (2-2); Thiago Sales, 30’/2ºT (3-2)

Resende: Arthur; Muriel, Pedro Victor, Thiago Salles e Murilo; Wagner Carioca, Léo Silva (Marcelo Costa, 31’/2ºT) e Léo Lisboa (Gustavo Moura, 29’/2ºT); Pingo (Lohan, intervalo), Wandinho e Jhulliam. Técnico: Marcelo Cabo.

America: Felipe; Belarmino, Lucas Gama, Rafael Morisco e Marlon (Léo Rocha, 13’/2ºT); Diogo Alves (Lucas Bala, 13’/2ºT), Guaraci, Anderson Künzel, Tiago Corrêa e Assis (Léo Franco, 20’/2ºT); Giancarlo. Técnico: Lucho Nizzo.